quais-os-efeitos-da-gordura-trans-no-corpo.jpeg

Quais os efeitos da gordura trans no corpo?

 

A partir dos anos 90, iniciou-se um grande debate sobre os efeitos da gordura trans no organismo. Isso foi possível graças aos avanços tecnológicos, que permitiram os estudos sobre a substância.

Atualmente, muito se fala sobre os malefícios da gordura trans para o corpo, mas você sabe, de fato, quais são os perigos do consumo excessivo desse tipo de alimento? Pensando nisso, preparamos um artigo especial para tirar suas dúvidas. Continue a leitura!

O que é gordura trans?

Chamamos de trans a gordura originada pelo processo químico de hidrogenação do óleo vegetal. Por esse motivo, a gordura trans também é conhecida como gordura hidrogenada.

A gordura trans é utilizada pela indústria dos alimentos desde os anos 50, sempre com a função de tornar as receitas mais crocantes, bonitas e saborosas. O ingrediente tornou-se muito popular rapidamente e pode ser encontrado com facilidade em alimentos industrializados de todos os tipos.

A partir dos anos 90, os avanços tecnológicos permitiram que a gordura trans fosse analisada mais cuidadosamente. Assim, o que muitos profissionais da saúde já diziam foi endossado por estudos específicos: a gordura trans é a inimiga número um das pessoas que pretendem emagrecer de forma saudável, além de ser umas das principais causas dos altos índices de obesidade na sociedade e promover verdadeiros desastres no nosso organismo.

Quais são os alimentos que possuem gordura trans?

A gordura trans pode ser encontrada em alimentos naturais, como carne e alguns vegetais, porém, em quantidades que não representam grandes riscos para a saúde. O perigo está nos alimentos industrializados que possuem grandes quantidades de gordura trans em suas composições.

Liderando o ranking de alimentos que devem ser evitados por quem pretende ficar longe da gordura trans, estão a margarina em tablete, os pratos prontos congelados, o macarrão instantâneo, a pipoca de micro-ondas, as bolachas recheadas e os lanches de restaurantes fast-food.

O grande perigo mora na dificuldade que as pessoas têm em identificar os alimentos que são prejudiciais à saúde. Muitas vezes, esse tipo de gordura está presente em alimentos que não imaginamos. Por exemplo: você sabia que os sorvetes de massa costumam ser riquíssimos em gordura trans? É ela que confere à sobremesa aquela textura macia e irresistível.

Portanto, a dica é ficar de olho na embalagem dos produtos. Verifique se na área de ingredientes consta “gordura hidrogenada” e não deixe-se levar por embalagens que indicam “0% gordura trans, pois esse tipo de alimento pode ter gordura saturada, que é tão prejudicial à saúde quanto a trans.

O ideal mesmo é evitar ao máximo o consumo de alimentos industrializados e refeições rápidas.

Quais são os efeitos da gordura trans no corpo?

Sabe-se que o consumo excessivo de alimentos que possuem gordura trans aumenta os índices de LDL, conhecido popularmente como colesterol ruim, no sangue. Além disso, os nutrientes presentes na gordura trans também podem reduzir a presença de HDL, o colesterol bom, no organismo.

Sendo assim, podemos afirmar que a gordura trans aumenta os riscos do indivíduo desenvolver doenças cardiovasculares, como o AVC (acidente vascular cerebral) e o infarto do miocárdio, além de diabetes, problemas de circulação sanguínea e obesidade.

Além disso, algumas pesquisas recentes estão começando a relacionar a ingestão de gorduras trans com problemas cognitivos e perda de memória. O consumo excessivo de gorduras também pode prejudicar a área do cérebro responsável pela nossa sensação de saciedade, ou seja, quanto mais consumimos alimentos gordurosos, mais sentimos a necessidade de comer mais.

Pensando também no fator estético, é importante lembrar que a gordura trans tende a estocar-se em áreas do corpo que já apresentam alguma gordura, resultando na famosa e temida gordura localizada.

Como posso substituir a gordura trans?

Para manter a saúde e qualidade de vida em dia e não expor-se a riscos graves, evite o consumo de alimentos que tenham altas concentrações de gordura trans. Confira algumas dicas para substituir esses alimentos de forma saudável e prazerosa.

Margarina

A margarina no pão pode ser substituída por uma deliciosa geleia de frutas, por exemplo. Já nas receitas, procure substituí-la por óleos vegetais mais saudáveis, como óleo de coco, azeite de oliva ou óleo de girassol.

Bolachas recheadas

Biscoitos caseiros podem ser tão saborosos quanto os industrializados. Experimente misturar duas bananas amassadas com meia xícara de nozes e meia xícara de amêndoas. Faça pequenas bolinhas com a mistura e asse por 15 minutos em uma forma coberta com papel manteiga. Além de ser uma delícia, essa receita de cookies de banana é super nutritiva.  

Pipoca de Micro-ondas

Assistir a um bom filme sem comer pipoca não tem a menor graça para você? Aposte na boa e velha pipoca de panela, feita com um pouco de óleo vegetal. E lembre-se nada de exagerar no sal.

Lanches fritos

O seu dia a dia é corrido e algumas vezes é necessário substituir uma refeição por um lanche? Invista nem um sanduíche de pão integral com queijo cottage, alface, tomate e cenoura. A tapioca também pode ser uma excelente opção para a hora do lanche.

Sorvete

Durante o verão, com as altas temperaturas do nosso país, recusar sorvete parece uma missão impossível, não é mesmo? Na realidade, você não precisará recusar essa sobremesa, apenas substituí-las por uma versão mais saudável.

Prepare picolés ou sacolés de frutas em casa. Basta bater a fruta madura no liquidificador com um pouco de água e mel e colocar a mistura em forminhas no congelador. Além de saudável, também é uma opção bastante econômica.

Macarrão Instantâneo

Você sabia que antes de ser embalado e comercializado o macarrão instantâneo passa por um processo de fritura? Por esse motivo, esse tipo de refeição rápida não pode ser considerado nem um pouco saudável.

Para substituí-lo sem perder o prazer de comer uma boa massa, você pode cozinhar um macarrão integral fresco e acrescentar tomates e manjericão. Existem massas que ficam prontas em apenas 6 minutos e são muito mais saudáveis.

Agora que você já conhece os efeitos da gordura trans no corpo, atente-se aos alimentos que consome e busque hábitos alimentares mais saudáveis. A prevenção continua sendo o melhor remédio! Você tem alguma dica para substituir os alimentos que possuem gordura trans? Compartilhe sua ideia com a gente! Deixe as suas sugestões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This