4 dicas para manter as articulações saudáveis

Com a correria do dia a dia, não é difícil deixarmos de prestar atenção em detalhes como má postura e sobrecarga, o que pode gerar diversas dores pelo corpo. Porém, é importante dizer que preocupar-se em manter as articulações saudáveis é uma forma de se proteger de lesões e doenças.

Nossas articulações são responsáveis por fazer a conexão entre dois ossos e permitir que o corpo consiga fazer movimentos como virar a cabeça, dobrar joelhos e cotovelos ou mexer os quadris.

Alguns hábitos comuns, como o de sentar de maneira incorreta ou carregar muito peso, podem prejudicar músculos, ossos e articulações. Além de evitar cometer esses erros, existem outras formas de cuidar das articulações. Continue lendo e confira:

1. Consuma alimentos ricos em nutrientes

Ao se pensar em saúde dos ossos e das articulações, a ingestão de cálcio geralmente é a primeira coisa que nos vem à mente. Entretanto, existem outros nutrientes que também são eficazes na promoção da saúde dessa parte do corpo, como:

Magnésio

O mineral é fundamental para auxiliar em diversas funções do organismo, como na contração muscular, no transporte de energia e na regulação da densidade óssea. Ele ajuda a prevenir câimbras e contusões, manter o sistema imunológico saudável e a pressão arterial equilibrada.

O magnésio pode ser encontrado em alimentos como banana, abacate, aveia, amendoim, grão-de-bico, beterraba e espinafre.

Vitamina C

Esta vitamina também é muito importante, já que participa da formação e estabilização do colágeno, permitindo que suas fibras adquiram resistência e favoreçam tendões, ligamentos e articulações.

Sua ação ainda envolve a prevenção de lesões durante atividades esportivas e ajuda a acelerar a recuperação dos tecidos após exercícios físicos intensos. Por fim, auxilia no processo de cicatrização e recuperação de fraturas.

Algumas fontes desta vitamina são frutas como morango, kiwi, laranja e mamão, e outros alimentos, como pimentão e brócolis.

Proteína

Uma dieta rica em proteínas fornece os aminoácidos essenciais para a produção de colágeno no organismo, principal componente do tecido conjuntivo, presente nos músculos, tendões e pele.

Uma importante função do colágeno é dar resistência, estabilidade e força aos tecidos do corpo, como ossos e articulações. Para desfrutar desses benefícios, consuma alimentos como peixe, frango, peru, nozes e ovos.

2. Mantenha o peso ideal

O excesso de peso aumenta a sobrecarga mecânica e exige muito das articulações, em especial as dos joelhos, costas e quadris. Por isso, é imprescindível cuidar para manter o peso ideal de acordo com o esqueleto e estatura.

Muitas pessoas obesas têm problemas nas articulações por causa da grande pressão sobre estas áreas do corpo, podendo desenvolver lesões e doenças, como a artrite.

3. Não exagere nos treinos

A prática de atividades físicas, principalmente alongamento, é importante e recomendável para preservar a saúde das articulações, mas precisa ser feita de maneira moderada para evitar sobrecarga.

Ao iniciar uma nova atividade, é preciso começar aos poucos, até que o corpo esteja habituado. Além disso, é fundamental utilizar proteção esportiva sempre que possível, como tornozeleiras, cotoveleiras e joelheiras.

Em exercícios de musculação, é importante não colocar tensão nas articulações e sim no músculo alvo do exercício.

4. Mantenha a hidratação

A importância da água na rotina diária não é novidade, mas vale destacar que ela é essencial para a lubrificação das articulações e seu bom funcionamento. O líquido é fundamental na contração muscular e é responsável por transportar nutrientes para os músculos, que são controlados por nervos.

Em uma pessoa desidratada, os músculos não encontram eletrólitos para usar, o que resulta em força e controle inibidos. Mesmo no inverno, onde a ingestão de água costuma ser menor, ela é essencial para o funcionamento do organismo e das articulações.

Agora você já sabe como é importante ter cuidado para manter suas articulações saudáveis, com dicas práticas para serem utilizadas no dia a dia. Protegendo essa parte do corpo, é possível se prevenir de dores, incômodos e doenças.

Se você gostou desse conteúdo e se importa com sua saúde e bem-estar, aproveite para ler também nosso artigo que apresenta os principais tipos de ginástica laboral.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This