Ame-se! 4 dicas de como aumentar a autoestima

Muitas mulheres já se perguntaram, pelo menos uma vez na vida, como aumentar a autoestima, não é mesmo? De fato, na rotina estressante do dia a dia, o psicológico sofre as consequências e a confiança fica abalada. Mas não se preocupe! A única maneira de reverter esse quadro está no seu interior. 

Claro que a maioria de nós não consegue monitorar os próprios pensamentos o tempo todo, mas praticar alguns exercícios mentais ajuda muito a enxergar novas perspectivas. Basta se desafiar e focar em positividade, que os resultados aparecem em pouco tempo.

Quer saber mais? Vamos mostrar 4 dicas certeiras para dar aquela força na autoestima e ficar de bem com a vida. Acompanhe! 

1. Invista em valorização pessoal

O primeiro passo para aumentar a autoestima é compreender o esforço que você fez para ter tudo o que tem hoje. Para outras pessoas pode até parecer fácil, mas ninguém sabe da força de vontade necessária na hora de vencer as dificuldades. 

Olhe em sua volta, reflita sobre momentos importantes da trajetória e pense que, por muito menos, muita gente poderia ter desistido. Ser grato até pelas pequenas conquistas da caminhada se mostra como uma parte importante da valorização pessoal.

Esse tipo de exercício faz muita diferença na saúde física e mental. Quem só reclama tende a ser mais estressado no dia a dia. Dessa forma, preserve sua cabeça para que a autoconfiança surja de forma bastante natural.

2. Trabalhe a autoaceitação 

De nada adianta ler mil livros sobre autoestima, se você continuar esperando a aprovação dos outros. Tenha em mente que a única opinião verdadeiramente importante é a sua. Afinal de contas, ninguém mais lida com todas as consequências de suas escolhas.

Fuja das cobranças excessivas e trabalhe a autoaceitação com frequência. O mais importante está em enxergar os problemas com compreensão. Ter uma crítica frequente na própria cabeça se mostra como uma situação extremamente destrutiva e que precisa ser eliminada.

Por isso, foque no que incomoda você e pode ser mudado. No entanto, aquilo que não depende de sua vontade deve ser compreendido a partir de um olhar de maturidade. 

3. Imponha limites na vida

Quem lida com pressão diária no trabalho, ou em algum aspecto da vida pessoal, tende a sofrer com o excesso de cobranças. Saiba que esse problema interfere diretamente na autoestima e, em alguns casos, pode até se tornar uma questão mais séria, como depressão ou crise de pânico.

Por este motivo, você deve impor limites em diferentes áreas. Ainda que seja o emprego dos sonhos, por exemplo, não deixe que consuma todo o seu tempo e prejudique os relacionamentos pessoais. Esse tempo perdido nunca mais será recuperado.

4. Deixe de lado as comparações 

Com tantas redes sociais disponíveis atualmente, fica muito mais difícil fugir das comparações. O problema acontece, especialmente, por todos apresentarem uma vida perfeita no mundo digital. Lembre-se que os sorrisos nas fotos escondem dificuldades comuns na vida de qualquer pessoa.

Entretanto, seria muito estranho publicar apenas sofrimento. O grande segredo está em enxergar todos como pessoas com tempos diferentes de crescimento. Isto é, não vai ser a promoção de uma amida da faculdade que vai fazer você desvalorizar o cargo que você ocupa hoje. Procure focar em seus motivos para ser feliz.

Pronto! Agora você já sabe como aumentar a autoestima. Não esqueça que uma visão otimista do mundo ajuda a mudar aos poucos a sua confiança. Tente começar a reclamar menos e ser grata pelas coisas boas. Ainda que considere esse passo simples, em pouco tempo vai notar que existem muitas coisas para festejar. 

Gostou das nossas dicas? Então nos siga no FacebookTwitter e Instagram para receber novidades sobre o tema. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This