Conheça os 5 tipos de dietas mais famosas do momento!

Vire e mexe surgem novos tipos de dietas — e nós, sempre achando que temos a necessidade de perder uns quilinhos, estamos prontos para experimentar o novo milagre do emagrecimento!

A verdade é que nenhuma dieta vai funcionar da mesma forma para todas as pessoas. Aqueles quilos que o seu amigo enxugou com o novo regime alimentar podem continuar firmes em você.

Isso acontece devido ao metabolismo de cada indivíduo, que pode responder melhor ou pior a um novo plano alimentar. Por isso é importante consultar um profissional — médico especializado ou nutricionista — antes de retirar ingredientes do prato, ok?

Mas, enquanto isso, não custa nada ficar por dentro das dietas mais famosas do momento. Dê uma olhada!

1. Dukan

Bastante conhecida, essa dieta consiste na redução, passo a passo, de alguns grupos alimentares, que vão sendo liberados posteriormente:

  • primeiramente, o participante consome apenas proteínas;

  • em seguida, são liberados legumes e verduras;

  • logo, é possível voltar a ingerir frutas, mas em porções controladas;

  • por fim, é indicada a atividade física.

Doces e carboidratos, obviamente, não são liberados em nenhum momento. 

A dieta Dukan, quando realizada da forma correta, pode promover a reeducação alimentar, mas é muito utilizada por aquelas pessoas que querem perder peso rapidamente, não permitindo a adaptação adequada do organismo.

2. Atkins

A queridinha de quem quer emagrecer rapidamente foi criada pelo cardiologista americano Robert Atkins. Considerado por muitos como radical, esse plano consiste em reduzir os carboidratos e aumentar o consumo de proteínas e alimentos gordurosos.

Dividida em 4 fases, a dieta começa com uma quantidade mínima de carboidratos — que vai aumentando de forma progressiva — até chegar no peso almejado. A lógica é que, sem tais carboidratos, o corpo vai começar a consumir a gordura armazenada, diminuindo o peso.

Alimentos liberados

  • frangos, carnes e ovos.

Alimentos condenados

  • batatas, pães brancos, arroz e açúcar.

​3. Sem glúten

Eis outra dieta um tanto quanto polêmica, afinal, muitos médicos defendem que o glúten só pode ser retirado da alimentação de pessoas com verdadeira intolerância a eles — os portadores da doença celíaca —, com o risco de prejudicar o funcionamento do organismo.

Apesar disso, os seguidores da dieta sem glúten continuam firmes, evitando o consumo de alimentos como:

  • pães, bolos, tortas, macarrão e tudo que contenha farinha em sua composição.

Os resultados dessa dieta na perda de peso são realmente inquestionáveis, mas a questão que fica é: o responsável pelo emagrecimento foi a retirada do glúten ou a redução do consumo das calorias desses alimentos?

4. Dieta mediterrânea

Considerada por muitas pessoas como “a dieta de 2019”, obviamente, no estilo de alimentação mediterrâneo, que tem como base:

  • legumes e verduras crus ou com o menor cozimento possível;

  • frutas;

  • azeite de oliva de boa qualidade;

  • grãos integrais;

  • oleaginosas, como castanhas, nozes e amêndoas;

  • proteínas magras, como peixes.

Entre os benefícios desse tipo de alimentação, são apontadas as reduções de diversos problemas de saúde, como diabetes, problemas no coração, colesterol alto, perda de memória, câncer de mama, entre outros.

5. Vigilantes do peso

Se você já fez alguma dieta, certamente foi essa! A clássica dieta dos Vigilantes do Peso é um programa que controla a ingestão dos alimentos por meio de um sistema de pontos.

Cada comida e bebida tem uma pontuação — de acordo com o seu valor nutricional e efeito para engordar — e, claro, há um máximo de pontos a serem consumidos por dia.

Essa dieta é muito bem-vista no quesito emagrecimento a curto e longo prazos, pois, além de incentivar a prática de atividades físicas, permite que o participante se reeduque, perdendo peso de forma saudável e gradual.

Agora que você já conhece os tipos de dietas, lembre-se que é preciso estar atento aos sinais do seu corpo e não apenas à perda de peso. Fazer uma dieta de forma consciente, com acompanhamento médico, é sempre a opção mais segura e saudável!

Gostou deste conteúdo? Então, compartilhe em suas redes sociais, para que seus amigos também fiquem por dentro dessas dietas incríveis!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This