Conheça os malefícios do estresse e da ansiedade excessivos

O estresse e a ansiedade podem causar diversos problemas de saúde, como úlcera no estômago e síndrome do cólon irritável, além de facilitar problemas como gripe e doenças infecciosas. Os sintomas de ambos são orientados pela mesma reação química: a ansiedade é causada pela preocupação, e o estresse é uma resposta a uma situação ameaçadora.

Os dois termos descrevem as mesmas experiências, como falta de ar, palma das mãos suadas e aumento da frequência cardíaca. Esses sintomas são explicados por alterações fisiológicas que acontecem quando corpo e a mente experimentam ansiedade ou estresse.

Neste post, vamos explicar quais são os principais malefícios do estresse e da ansiedade excessivos. Confira!

Quais os grupos mais sujeitos a sofrerem de ansiedade e estresse?

No mundo contemporâneo, é bastante comum que jovens de até 30 anos tenham crises de estresse e ansiedade devido ao excesso de trabalho e informações que chegam a todo momento.

As cobranças acometem todas as idades, mas com mais intensidade sobre os jovens, que se aprimoram em especializações, cursos, MBAs, entre outros. Com isso, poucas horas são destinadas ao descanso e mais estresse é acumulado no dia a dia.

Quais as suas semelhanças e como diferenciá-los?

A ansiedade é caracterizada como um estado de alerta quando estamos diante de algo que nos desafia ou ameaça, preparando-nos para uma ação. O estresse também funciona como uma defesa do corpo frente uma situação de tensão, que pode ser interna ou externa.

No entanto, existem algumas diferenças entre as duas doenças. A crise do estresse é cumulativa, por exemplo. Além disso, o estresse está associado à qualquer pensamento ou situação que provoca nervosismo e frustração. Já a ansiedade está relacionada com preocupação, aflição, angústia e medo irracional.

Como tratar os sintomas?

Para controlar os sintomas, é essencial respirar corretamente, inspirando o ar profundamente e soltando-o lentamente. Além disso, manter a mente ocupada com pensamentos positivos também pode ajudar a tensão. Outras mudanças no estilo de vida podem ajudar a combater os problemas, como:

  • manter uma alimentação saudável e equilibrada;

  • dormir melhor;

  • praticar exercícios físicos;

  • evitar a ingestão de álcool e cafeína;

  • fazer pausas no trabalho.

Caso os sintomas não desapareçam, é muito importante procurar ajuda médica, pois ele poderá indicar o melhor tratamento para você. Ademais, converse sempre com amigos e familiares de confiança.

Quais os principais mitos sobre essas doenças?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre esses dois problemas, o que gera mitos e informações falsas. Por isso, é muito importante procurar notícias em sites confiáveis para não ficarmos enlouquecidos com as notícias falsas. Os principais mitos sobre estresse e ansiedade são:

  • todo tímido tem transtorno de ansiedade;

  • só é possível dar atenção ao estresse quando os sintomas mais graves aparecem;

  • ansiedade e estresse só afetam adultos;

  • o transtorno de ansiedade é passageiro;

  • o estresse é sempre negativo.

Como vimos, o estresse e a ansiedade afetam boa parte da população e, em alguns casos, podem provocar algumas doenças. É fundamental manter uma alimentação saudável, praticar atividade física e ter momentos de lazer. Além disso, procure um médico caso você não consiga controlar os sintomas.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? Então confira as nossas cápsulas contra o cansaço físico e mental!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This