Entenda a diferença entre colesterol bom e ruim

Emagrecer de forma saudável e natural pode ser algo bem difícil, exigindo muita força de vontade por parte de quem deseja perder peso. Além de seguir uma dieta equilibrada e de realizar exercícios físicos com a frequência adequada, é interessante poder contar com informações que vão ser úteis nesse processo, como a diferença entre colesterol bom e ruim.

É possível sentir-se bem consigo mesmo, cuidando do corpo sem passar por procedimentos invasivos e sem consumir produtos que podem ser prejudiciais ao organismo.

Continue a leitura do texto para entender a diferença entre colesterol bom e ruim e confira algumas dicas que vão ajudar você a manter a saúde do coração.

O que é o colesterol

O colesterol é um lipídio produzido pelo fígado, um tipo de gordura presente em nosso organismo, indispensável para o seu bom funcionamento. Ele atua na produção de membranas celulares e de hormônios, como estrógeno e testosterona.

O corpo não é a única fonte de colesterol. A alimentação, especificamente os produtos de origem animal, também é responsável pela sua presença.

Por se tratar de uma gordura, não se dissolve no sangue. Assim, é transportado por lipoproteínas. A combinação de colesterol e lipoproteínas (HDL e LDL) dá origem os chamados colesterol bom e ruim. 

HDL

O HDL (do inglês “High Density Lipoproteins”) é conhecido como colesterol bom e refere-se às lipoproteínas de alta densidade. Tem como função básica o transporte do colesterol ruim até o fígado, onde a gordura será eliminada. Assim, O HDL contribui para que as artérias não sejam obstruídas, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares.

LDL

O LDL (do inglês “Low Density Lipoproteins”) é o chamado colesterol ruim e está relacionado às lipoproteínas de baixa densidade. Sua ação consiste em levar o colesterol do fígado às células dos tecidos.

A presença, em excesso, do LDL pode fazer com que esse tipo de colesterol se acumule nas paredes das artérias, diminuindo o fluxo normal do sangue. Como consequência, há maiores chances de se desenvolver problemas cardiovasculares.

Como controlar o colesterol

Evite gorduras saturadas

Como já foi colocado, o colesterol também é proveniente dos alimentos. Assim, carnes gordas, queijo amarelo e manteiga, entre outros produtos, são fontes de gorduras saturadas, que apresentam uma alta concentração de colesterol ruim

Aposte no consumo de fibras

Consumir alimentos que contenham fibras, como farelo de arroz, legumes e cevada, auxilia no controle dos níveis de colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares, entre outras. Isso ocorre porque as fibras se juntam à gordura e fazem com que esta seja eliminada nas fezes. 

Deixe o cigarro de lado

Além das doenças respiratórias, fumar também contribui para o aumento do colesterol ruim e facilita o surgimento de placas de gordura nas artérias (aterosclerose), o que pode levar à obstrução total dos vasos sanguíneos.

Pratique exercícios físicos

As atividades físicas, quando praticadas regularmente, colaboram para o aumento dos níveis de colesterol bom e para a diminuição dos níveis de colesterol ruim. Exercícios aeróbicos, como caminhada, natação e dança são uma boa pedida.

Agora que você já sabe a diferença entre colesterol bom e ruim, vai ser mais fácil cuidar da saúde e entrar em forma. Mantenha uma alimentação balanceada, evite fumar e pratique atividades físicas para manter os níveis normais de colesterol no organismo.

Gostou do nosso post? Então assine agora mesmo a nossa newsletter e receba outros conteúdos interessantes como este em primeira mão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This