Será que chia ajuda a emagrecer? Veja como ela auxilia no processo

Eliminar alguns quilos de forma saudável está entre as metas de muitas pessoas. Quem procura meios de atingir esse objetivo, praticando atividades físicas ou sendo adepta de dietas balanceadas, certamente já deve ter ouvido que a chia ajuda a emagrecer. No entanto, é preciso saber a melhor maneira de consumi-la para que seja realmente eficaz.

Neste post, esclareceremos tudo sobre a chia: o que é, como ela auxilia no processo de emagrecimento, quais seus benefícios para o organismo. Além disso, daremos algumas dicas de como ela pode ser consumida em suas refeições. Confira!

O que é chia?

Chia é o nome popular de uma planta herbácea mexicana chamada Sálvia hispânica. Trata-se de um vegetal da família das lamiáceas, da qual a sálvia e o linho também fazem parte.

Há muitos séculos, serve de alimento para os povos das civilizações da América Central, principalmente entre os soldados, já que precisavam de força e resistência física.

A principal parte da planta são as sementes. Aliás, seu consumo tem sido constantemente recomendado por especialistas em nutrição, em vista da grande quantidade e qualidade de nutrientes que a chia possui. Porém, ela ganhou maior fama graças aos seus efeitos na dieta, já que é realmente eficaz no auxílio à perda de peso.

Qual a composição da chia?

As sementes de chia contêm alto teor de ácidos graxos poli-insaturados essenciais — as gorduras consideradas boas para o organismo — sendo que o principal é o ômega 3. Também apresentam: vitaminas B1, B2 e B3, vitamina A, zinco, potássio, ferro, fósforo, magnésio, cálcio, proteínas. Ainda possuem carboidratos de baixo índice glicêmico, compostos fenólicos.

Como a chia ajuda a emagrecer?

Por si só, a chia não emagrece. No entanto, potencializa os resultados de práticas físicas e dietas, sendo, portanto, uma excelente aliada no processo de emagrecimento. Isso porque ela atua de três formas diferentes:

Causa sensação de saciedade

Como as sementes são ricas em fibras, elas se dilatam ao entrarem em contato com a água, ocupando mais espaço no estômago. Assim, a digestão fica mais lenta, o que resulta em sensação de saciedade na pessoa, fazendo com que ela consuma menos alimentos.

Combate a inflamação causadora do acúmulo de gordura

A gordura acumulada no corpo é decorrente de um processo inflamatório que faz com que o cérebro deixe de receber determinadas ordens. Assim, o indivíduo perde o domínio sobre o apetite. A chia combate essa inflamação, fazendo com que a pessoa volte a ter controle sobre a quantidade de comida ingerida.

Desintoxica o organismo

A grande quantidade de fibras presentes na chia auxiliam o trânsito intestinal, desintoxicando e limpando o organismo por meio das fezes.

Quais os outros benefícios da chia?

Além de contribuir de maneira eficaz no emagrecimento, a chia traz outros benefícios, tais como:

  • impulsiona o metabolismo;
  • fortalece a imunidade;
  • combate e previne as celulites;
  • regula o colesterol;
  • previne contra doenças cardiovasculares;
  • evita e controla o diabetes;
  • é fonte de cálcio;
  • deixa a pele e cabelos mais fortes e bonitos.

Como consumir as sementes de chia?

A chia pode ser consumida crua, triturada, em forma de óleo ou gel — as propriedades são mantidas em qualquer das formas. Pode ser consumida misturada em iogurtes, sucos, vitaminas, sobremesas, frutas, saladas. Além disso, pode ser adicionada em massas como pães, bolos, biscoitos.

Uma excelente dica é misturar uma colher de sopa de chia em meia xícara de água. Deixe descansar por 15 minutos e beba a mistura 20 minutos antes das refeições. Esse mesmo gel formado pode ser utilizado no preparo de omeletes e também como forma de engrossar molhos e caldos.

Portanto, como pode ser percebido, realmente a chia ajuda a emagrecer. Além disso, possui diversos outros benefícios para a saúde e pode ser consumida por qualquer pessoa. Seu uso na culinária é bastante versátil e pode ser incluída em todas as refeições.

 

Se você gostou deste post, aproveite a visita no blog e não deixe de ler nosso texto sobre como perder gordura abdominal de forma rápida e definitiva. Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This