Tipos de exercícios: 6 opções para te manter sempre saudável!

Um corpo ideal é o objetivo de muitos, e sua busca aumenta com a proximidade do verão. Poder exibir curvas bonitas aumenta a autoestima de muita gente, principalmente das mulheres, e é possível fazer isso sem a necessidade de loucuras.

Ao combinar exercícios físicos, dieta equilibrada, hidratação, suplementação alimentar e, principalmente, uma rotina disciplinada, é possível manter-se saudável e com um corpo de dar inveja.

Para isso, veja o post que preparamos especialmente para você, com uma lista de tipos de exercícios físicos que podem ser realizados por todos. Acompanhe!

1. Aulas de zumba e ritmos musicais

O principal objetivo dessa modalidade é a perda de peso. Pode ser praticada por todos, de iniciantes a pessoas experientes. O importante é ter disposição!

O exercício consiste em seguir coreografias específicas produzidas por profissionais da área. A média de queima de calorias é de 370 em uma hora de zumba, podendo chegar a 500 calorias em aulas mais puxadas. É uma atividade em que o praticante mantém alta frequência cardíaca, podendo atingir até 154 batimentos por minuto.

Pode ser praticada em casa, a partir de videoaulas, e na academia, quando um grupo de pessoas segue os passos do professor. É uma ótima combinação para quem gosta de dançar e queimar calorias ao mesmo tempo, além de ser um exercício bem agitado.

2. Crossfit

Uma atividade que está bastante na moda em muitas academias do Brasil é o crossfit. Surgiu em meados da década de 90, nos Estados Unidos, mas só virou uma modalidade de exercício nos anos 2000.

Tem por objetivo aliar atividades funcionais, de alta intensidade, com o desenvolvimento do condicionamento físico de maneira geral. É um treino que foca todo o corpo, sem se especializar em determinado grupo muscular. Ele é ótimo para conseguir um corpo tonificado e definido e tem um nível de dificuldade de intermediário para avançado.

É um treino de resistência, não aeróbico. A sua grande vantagem é que ele consegue conciliar o gasto calórico com a construção de massa magra. Sempre procure realizar esse treino com uma equipe experiente, para que se possa evitar lesões.

3. Yoga

Modalidade que tem por objetivo melhorar a saúde de um modo geral. Seus praticantes conseguem desenvolver uma respiração melhor, além de se tornarem mais flexíveis e calmos. Pode ser praticado por qualquer pessoa, independentemente da idade e do sexo.

Não é um exercício que visa a perda de gordura e nem a tonificação dos músculos, porém ajuda o indivíduo a desenvolver grande equilíbrio corporal e espiritual e flexibilidade. Ajuda a fortalecer principalmente os músculos da coluna e do assoalho pélvico, grupos musculares intimamente relacionados à postura.

Como já falado, não é ideal para a perda de gordura, proporcionando a queima de aproximadamente 170 calorias em uma aula moderada de uma hora. Porém, é muito importante para diminuir o estresse e dores corporais relacionadas à má postura.

4. Lutas (Muay Thai e Boxe)

Cada vez mais as mulheres estão procurando as academias para buscar a prática de algum tipo de luta. Além de ser importante como um mecanismo de defesa pessoal, com a luta é possível tonificar e definir os músculos, além de queimar calorias. As modalidades mais procuradas são: muay thai, boxe, capoeira e jiu-jitsu.

De um modo geral, essas lutas proporcionam aumento de flexibilidade e resistência, além de queima de massa gorda, coordenação motora e melhor expressão corporal. Não deve ser visto como um treino violento, pois, na maioria dos casos, o professor prega o equilíbrio e o respeito ao próximo.

Uma aula de muay thai, por exemplo, pode queimar até 700 calorias durante uma hora. Pode ser praticado por qualquer pessoa.

5. Spinning

Também chamado de bike indoor, é uma modalidade presente em praticamente todas as academias do Brasil. Ela consiste em pedalar em uma bicicleta ergométrica ao ritmo da música, sob a orientação de um professor de educação física. Combina a queima de caloria e a tonificação dos músculos dos membros inferiores.

Pessoas com baixo condicionamento físico devem tomar cuidado na hora de praticar spinning, pois geralmente é uma modalidade que requer melhor condição cardiovascular do praticante. Porém, alguns especialistas afirmam que o exercício pode ser ajustado de acordo com a capacidade do indivíduo.

Conseguimos alcançar entre 75% e 95% da nossa frequência cardíaca com a sua prática, e é justamente isso que proporciona uma queima alta de calorias no spinning — podendo chegar a 700 Kcal em uma hora.

6. Caminhadas e corridas

Um exercício que não sai de moda e a cada dia ganha mais adeptos é a boa e velha corrida. Pode ser realizada na esteira ou ao ar livre e tem como principal objetivo a queima de gordura.

As corridas podem ser praticadas por qualquer pessoa e devem ser adaptadas à intensidade de cada um. É um treino completo ao aliar a ativação do sistema respiratório e cardiovascular, além de ativar a musculatura.

Comece devagar e no seu ritmo, para evitar lesões. Ao ganhar condicionamento, aumente a sua velocidade e o tempo do treino. Prefira realizar corridas fortes com intervalos curtos de descanso ou caminhada, pois assim o seu corpo vai potencializar a queima de gordura e melhorar a sua resistência. Você também pode escolher um dia da semana para realizar treinos de velocidade.

Mesmo com todas as dicas do nosso post, é sempre importante que você realize uma consulta médica antes de iniciar uma atividade física. Além disso, converse com educadores físicos para que eles passem os melhores treinos para as suas características, de um modo geral. Assim, é possível evitar uma gama de lesões.

Uma dieta equilibrada também é muito importante, por isso, se possível, consulte um nutricionista ou nutrólogo. Há muitas dicas alimentares de fácil acesso, como comer de três em três horas e ingerir muita água. Mastigar bastante também é uma boa prática para manter a nossa saúde em dia.

E então, gostou das nossas sugestões de tipos de exercícios para manter uma vida saudável? Tem alguma dúvida ou quer sugerir alguma atividade que não falamos aqui? Deixe seu comentário e compartilhe conosco!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This